Revolução Industrial & Revolução da Informação ou Revolução Industrial x Revolução da Informação?

Ao analisar estes aspectos profundos que a sociedade tem se submetido nos últimos séculos, percebemos o quanto a sociedade evoluiu em pouco tempo.
Por Magno Martins

Com o advento da tecnologia avançada atualmente, percebe-se que a vida do ser humanos vem mudando cada vez mais a cada dia. Novas tecnologias são lançadas, o modo de vida totalmente diversificado, com opções para todos dos tipos de gostos. Enfim, a tecnologia consegue sanar a vontade do homem ter seus desejos realizados.

Mas se olhar para trás, ou até mesmo abrir um livro do 2º grau (isso se não for buscar um e-book pela internet), toda essa Revolução da Informação é um processo totalmente parecido com o a Revolução Industrial, ocorrida entre o século XIX e século XX. As explosivas indústrias têxteis, que turbinavam a economia e os bolsos dos grandes donos das fábricas, tiveram um início bem parecido como hoje da Revolução da Informação. Se traçar uma linha do tempo e compará-las uma com a outra, pode-se perceber que o processo lento da Revolução da Informação no final do século XX é o mesmo processo que se passou na Revolução Industrial no final do século XIX. Após o início do século XIX, a Revolução Industrial tomou grandes proporções, quebrando totalmente a linha do Feudalismo, onde as pessoas viviam nos campos, trabalhando para ter apenas o que comer, levando à todos para uma revolução de pensamentos, ideologia  e ritmos de vida. Nessa época, mesmo sendo um trabalho exaustivo, com mais de 12 horas diárias, as pessoas estavam neste processo, sustentando a Revolução Industrial. Comparando com a Revolução da Informação, após o início do século XX, a tecnologia tomou um alavanco, que parece não terminar mais. Hoje, as pessoas tem a necessidade de se manterem atualizadas 24 horas por dia, 7 dias por semana. O novo modo de vida mudou ainda mais, levando pessoas a ficarem o dia todo diante da internet, como um novo meio de trabalho, independentemente da área     que se especializou.

Já dizendo 24 horas por dia e 7 dias por semana, a Internet aborda isso e muito bem, obrigado. Hoje as pessoas são interligadas na internet, completamente o tempo todo. Com toda essa “ambição pela informação”, percebe-se a importância do Comércio Eletrônico. Podemos comparar o Comércio Eletrônico com as estradas de ferro, mais conhecidas como Ferrovias, onde as ferrovia na Era da Revolução Industrial quebrou barreiras e atravessou fronteira,e, hoje, o Comércio Eletrônico provocou um choque ainda maior: unir todo o globo terrestre através da Internet, onde se pode comercializar, trocar e leiloar qualquer tipo de produto (onde, muitas vezes, infelizmente, até pessoas se vendem por estes lados, mas não é esse o foque daqui), tornando-se um dos empreendimentos que mais crescem no mundo, com lucratividade abrangente que preenche os olhos de quem deseja viver apenas disso.

A tão comentada Internet, como um meio de comunicação pode ser tão única diante de tudo isso, capaz de dividir opiniões diversas. A Internet hoje tem provocado, e muito, discussões pelo mundo afora. Muito se diz que a Internet separou ainda mais os membros da família, em diversos aspectos. Hoje, infelizmente ou não, é raro ver uma família toda reunida para um jantar ou em alguma atividade fora de casa. Os jovens e até mesmos os adultos estão cada vez mais mergulhados no novo conceito de sociedade que está se aflorando: Redes Sociais. Hoje, pode-se ser quem quiser na internet, conquistar um romance, ir ao cinema (pra não dizer download ilegal de filmes) e as diversas outras formas de entretenimento. Hoje a TV está cada vez mais perdendo seu espaço diante deste impacto profundo que é a Internet. Cinema, Teatro, Galerias de Artes? Bem, melhor deixar isso para um público mais cult. Hoje as pessoas vivem suas vidas diante de uma tela de computador, as crianças parecem que já absorvem toda essa tecnologia ainda no ventre de sua mãe, enfim, o conceito de vida modificado mais uma vez. Redes de amigos que fazem conferências via chat, com vídeo, áudio, super cômodo, porém, como sempre, as pessoas cada vez mais distantes, apenas presentes por bits, bytes, megabytes e por ai vai.

A religião? Bem, o tempo todo a religião é afetada por tudo isso. Mas não é desde agora. Todos conhecem muito bem todas as fases da religião, com seus altos e baixos. E a religião sempre sofre com esses impactos que o ser humano vem tornando realidade. Após a Revolução Industrial, a religião perdeu e muito de seus fiéis. Todo aquele terrorismo entre verdades e mentiras sobre o céu e o inferno foram perdendo a força. Por que? Bem, desde aquela época, a informação começou a ser massificada, todos (melhor dizendo, quase todos) tinham acesso á informação através de rádio, tv, livros, jornais, revistas e por ai vai. Com esta força toda, a religião começa a ser fragmentada e segmentada, e hoje, por exemplo, é comum vermos 3 igrejas de diferentes filosofias em um mesmo quarteirão. Pode até parecer loucura, mas é realidade.

Então, por fim, vemos que até o mundo profissional sofreu modificações boas (ou não) em suas estruturas. Hoje, percebe-se que existem milhares de sites com cadastros de currículos, onde quem tem experiência ou não estão cada vez mais informados, ressaltando que, com o bug de informações que existem, todos passam a ter acesso, e então, sejam bem-vindos os autodidatas. Assim, o mercado fica cada vez mais competitivo. O lema agora é ter diferencial, competitividade e conhecimento. Se antes, na época da Revolução Industrial a hierarquia do trabalho era apenas entre chefe e empregados, hoje todo este cenário torna-se inadequado. Hoje, as empresas estão cada vez mais interessadas em profissionais com conhecimento, criatividade e pró-atividade. Pode parecer estranho, mas hoje não se tem visão do abismo entre chefes e empregados. Hoje são profissionais que trabalham em equipe para desenvolverem um objetivo comum. E muitas das vezes, isso se torna ainda mais estreito, onde podem se tornar até sócios de um novo empreendimento.

Ao analisar estes aspectos profundos que a sociedade tem se submetido nos últimos séculos, percebemos o quanto a sociedade evoluiu em pouco tempo. Muitas coisas aconteceram, muita gente se sacrificou e muito para que tudo isto esteja como está hoje. Onde tudo isso um dia pode parar, bem, não dá pra pressentir. Quem sabe hoje a noite, quando todos virarem para seus computadores para viverem seu novo modo de vida, uma nova revolução esteja acontecendo. Qualquer insight, joga no Google para ver se outra pessoa tem a mesma idéia, senão… deixe a adrenalina da revolução percorrer pelo corpo (mas pense bem, porque talvez seja melhor desligar o computador e ler um livro).

4 comentários em “Revolução Industrial & Revolução da Informação ou Revolução Industrial x Revolução da Informação?

  1. julianah disse:

    Não foi isso que eu perguntei e essa matéria é muito pesada para meu filho que só tem 9 anos.

  2. jorrge amaral disse:

    exelente informação para comaparação entre TI e revolução industrial

  3. Tatiane disse:

    Muito bom, foi de muito proveito para a minha pesquisa.

    • Magno Martins disse:

      Olá Tatiane, tudo bom?

      Que bom que gostou do post. Compartilhe conosco sua pesquisa!

      Volte sempre ao blog!

      Um abraço!

      Att,
      Magno Martins

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s